O Brasil que se cuide! Bruxos prometem interferir no resultado final da Copa América

Durante o ritual, o grupo utilizou objetos como espadas, amuletos e até uma cobra

Por O Dia

Peru enfrenta o Chile nesta quarta-feira

Peru enfrenta o Chile nesta quarta-feira – Fernando Alves/Parceiro/Agência O Dia

Peru – Para vencer a atual bicampeã da Copa América, a seleção peruana ganhou um reforço um tanto quanto inusitado. Nesta terça-feira, um grupo de bruxos e xamãs peruanos se reuniu entorno do Estádio Nacional de Lima, para realizar um ritual que busca anular as forças da seleção do Chile, e reforçar o Peru na batalha que vale uma vaga na final da Copa América. Durante o ritual, o grupo utilizou objetos como espadas, amuletos e até uma cobra.

“Com este amuleto na camisa vermelha (do Chile) já foi anulada (a eficácia)”, disse o xamã Saul de la Cruz durante, durante o rito ancestral realizado em frente ao Estádio Nacional, em Lima, no Peru.

Além de apoiar o Peru no jogo contra os chilenos, os xamãs também utilizaram suas forças para que o Brasil pudesse derrotar a Argentina.

“Trouxemos uma boneca de magia negra de Abu para combater a seleção chilena”, falou De la Cruz, nativo de da pequena cidade de Huancabamba.

Em seguida, ele completou.

“Com as colinas e a lua, visualizamos um triunfo do Peru”, disse logo depois de cuspir água perfumada com a boca.

“A cobra deve complicar o jogo dos jogadores chilenos”, disse o xamã Cleofe Sedano para a AFP, depois de jogar o réptil em uma camisa chilena no chão.

“Com grande esperança, o Peru vai vencer amanhã. No jogo entre Brasil e Argentina, que será muito difícil, o mandante vai vencer “, foi o que previu Sedano.

“Temos visto uma mesa preta favorável para a equipe chilena, mas hoje fizemos um ritual para neutralizar esse feitiço”.
Já De la Cruz acertou ao prever que Lionel Messi não balançaria as redes contra o Brasil,.
“Não há possibilidade de gol dele”, disse ele, logo depois de amarrar a camisa albiceleste com o número 10.
Depois de atirar folhas de coca no ar, o “Maestro Félix” fez a previsão de que o Brasil levaria a vitória contra a Argentina e disputaria a final com o Peru.
“Como xamãs andinos, queremos a final entre o Brasil e o Peru”, falou Felix, que trajava vestimentas andinas.
COMPARTILHE