Incaper realiza 1º festival de café com música de Mantenópolis

A ideia do evento surgiu de uma demanda dos produtores do município.

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e a Prefeitura de Mantenópolis realizaram, o 1° Festival de Música de Barzinho e de Café Especial. O evento reuniu cerca de 3 mil pessoas da região e também do estado de Minas Gerais.

O Incaper participou com a palestra “Caminhos da Cafeicultura com Ater” ministrada pelo extensionista de Brejetuba, Fabiano Tristão, que falou sobre como foi o caminho para que o município fosse considerado a cidade do café arábica. Ele também falou sobre como o trabalho do Incaper foi fundamental para que os produtores mudassem a forma de trabalhar, além da importância de “qualificar e não quantificar” a produção do café arábica para agregar valor e crescer no tripé sustentável.

Outro assunto abordado pelo Incaper foi sobre “Agronegócios e Mercado do Café”. Na palestra, o extensionista Enio Bergoli relatou sobre a produtividade cafeeira da cidade de Mantenópolis e quanto isso afeta na receita do município, refletindo na renda familiar do agricultor em comparação com o resto do Estado e do Brasil.

Também foi abordado o incentivo à diminuição do custo de produção da saca de café para que o produtor tenha um melhor rendimento. Já o curso “Degustação e Classificação de Café Arábica” foi ministrado pelo extensionista do Incaper de Brejetuba, Douglas Gonzaga de Souza, que orientou sobre a pós colheita para se obter um café de melhor qualidade, classificação quanto ao tipo de café e degustação dos padrões de bebida.

Além das palestras e cursos, o evento também contou com um stande do Incaper. “Nosso stand serviu de referência para os trabalhos realizados por nós quanto a qualidade do café. O festival foi feito através de um planejamento da equipe desde o ano passado e que em 2019 se tornou realidade. O objetivo foi alavancar e demonstrar os trabalhos que estão sendo realizados quanto a qualidade e produtividade do café arábica em Mantenópolis, sendo assim o festival identificou a maior marca do município que é o café arábica”, disse o extensionista Claudinei de Sales.

Texto: Cássio Simão e Claudinei de Sales

COMPARTILHE