Assinada ordem de serviço para melhoria no sistema de água e esgotamento sanitário de Castelo

O governador Renato Casagrande assinou, nesta quinta-feira (2), a ordem de serviço para execução de melhorias no sistema de água e esgotamento sanitário de Castelo, na região sul do Estado. As obras terão início no mês de junho e vão beneficiar mais de 22 mil moradores dos bairros Niterói, Sede, Vila Barbosa, Esplanada, Industrial, Aracuí e Loteamento Cava Roxa. O investimento previsto é de R$ 1,32 milhão.

A autorização para início das intervenções foi dada no Gabinete do Governador no Palácio Anchieta com as presenças do presidente da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), Carlos Aurélio Linhalis (Cael); do prefeito de Castelo, Luiz Carlos Piassi; do deputado estadual Alexandre Quintino; de vereadores do município; além de representantes da empresa responsável pelo trabalho em campo.

Natural de Castelo, Casagrande ressaltou a importância da obra para a cidade e os moradores. “Pouca gente vê e dá importância para esse tipo de obra. Vamos ampliar a rede de esgoto e melhorar as duas estações de tratamento de esgoto. Uma parte menor dos investimentos será para rede de água. Destaco a importância de ter o esgoto tratado porque é saúde preventiva injetada na veia pela importância do saneamento básico. Quando não se trata, as pessoas que mais necessitam de políticas públicas ficam refém de doenças, aumentando os gastos com saúde”, apontou.

O governador mencionou ainda os investimentos futuros nos municípios atendidos pela Companhia: “Faremos um investimento forte em todos os 52 municípios onde a Cesan está presente. Serão mais de 2 bilhões de reais nos próximos quatro anos. Para alcançar o desenvolvimento, precisamos eliminar que o esgoto seja despejado sem um tratamento adequado”, ressaltou.

O presidente da Cesan, Cael Linhalis, comemorou a retomada dos investimentos para Castelo, que são esperados há anos pela população. “O compromisso da Cesan é entregar à população obras de esgoto e de abastecimento de água com qualidade dentro do prazo programado”, garantiu.

O investimento de R$ 1,32 milhões será aplicado na ampliação das redes de água e de esgoto, nas duas estações de tratamento de esgoto e nas estações de bombeamento de água e esgoto. A previsão é que a obra seja concluída e entregue dentro de seis meses, em dezembro deste ano.

COMPARTILHE