Festival de Concertina em Linhares

O instrumento de origem europeia, veio com os imigrantes italianos e alemães e a cultura ainda é preservada no interior do município

Linhares – Neste domingo dia 05, acontece mais uma realização do Festival de Concertina, já na sua 27ª edição, levando centenas de pessoas ao Cerimonial Fazenda Encanto, na estrada de Regência no quilômetro 08. A concertina é um instrumento de origem europeia chegou ao Brasil no fim do século 19. Muitas famílias de Linhares, ainda guardam a herança dos imigrantes europeus e fica impossível não dançar ao som deste instrumento que veio na bagagem de muitos imigrantes.

De acordo com o organizador e criador do festival, Júnior de Jesus, o 27º Festival da Concertina vai reunir cerca de 60 tocadores do instrumento, com a participação de instrumentistas de São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina. A maioria dos tocadores é do Espírito Santo e grande parte deles fazem parte da única entidade criada, a AMACO – Associação de Música e Arte da Concertina.

Apesar dos tempos modernos, a concertina resiste ao tempo. O instrumento não é mais fabricado e mesmo assim, mais de um século depois de chegar ao Brasil, a cultura ainda é preservada no interior do município. Hoje é uma espécie de herança, passa de geração para geração.

O evento que já se tornou tradicional na região já reuniu cerca de 100 tocadores de concertina e outros 100 tocadores de acordeão, nas edições já realizadas. Os instrumentos são até parecidos no formato, mas o som da concertina é diferente

A concertina é um tipo de acordeão menor e com forma de hexágono ou octógono. É instrumento musical com papel relevante na tradição musical de vários países – Alemanha, Reino Unido, Portugal, partes do Brasil (sobretudo o estado do Espírito Santo), Argentina (onde deu origem ao bandoneón), etc.

COMPARTILHE