Três pessoas são presas em flagrante em central de fraude financeira

 

Três pessoas foram presas em flagrante por estelionato, formação de quadrilha e por operarem instituição financeira sem autorização. Segundo a Polícia Federal no Espírito Santo, elas eram responsáveis por uma central de atendimento (callcenterque fazia a captação dos clientes para a fraude.

As prisões aconteceram na tarde da última quarta-feira (3). A Polícia Federal no Espírito Santo informou que recebeu telefonema de um representante de uma suposta empresa financeira para efetivação de empréstimo consignado de alto valor no banco em que é correntista.

De acordo com o representante, esse dinheiro deveria ser depositado na conta da empresa, que o emprestaria novamente a pessoas negativadas, garantido que pagaria o empréstimo e ainda ofereceria ao policial um rendimento fixo de 2% ao mês.

Durante a ligação, a atendente demonstrou ter acesso a uma grande quantidade de dados pessoais e bancários da policial. Juntamente com mais dois policiais, a agente se dirigiu ao endereço da empresa, onde se deparou com uma call center formado por vinte e uma pessoas que realizavam a captação de clientes para a financeira.

Ao entrevistarem os responsáveis, os policiais descobriram que aquele escritório era uma filial de uma empresa do Rio Janeiro e que não possuía autorização do Banco Central para operar no mercado financeiro, dando voz de prisão aos responsáveis pelo escritório, e os conduzindo até a Superintendência da Polícia Federal, para os procedimentos legais.

Foto e informações ESHoje

 

COMPARTILHE