Rochas ornamentais geram 10% do PIB do Espírito Santo” e município da Serra é o que mais exporta

Em entrevista concedida ao jornalista Bruno Lyra para o site Tempo Novo, Tales Pena Machado é empresário do ramo de rochas ornamentais há mais de 25 anos, confirma a tese de que Serra é a cidade capixaba que concentra o maior número de marmorarias e é o município que mais exporta rochas para o mundo. Apesar disso, o município em questão não tem a décima parte das jazidas que Barra de São Francisco tem em atividade.

Em 2008 o setor de rochas ornamentais do ES sofreu com a crise imobiliária dos EUA. Mas agora é um dos que menos tem sido afetado pela crise brasileira. Muitos empresários aproveitaram a valorização do preço do dólar e apostaram nas exportações, que fecharam o ano em alta. Apesar do fechamento insatisfatório do mercado interno em 2015, as exportações cresceram.

Os Estados Unidos continuam sendo o grande comprador dos granitos brasileiros, principalmente dos exóticos; seguidos pelo Canadá e México. Do total exportado em 2015 (US$ 980 milhões), US$ 808,5 milhões foram vendidos para esses três países. Além disso, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), os mármores polidos de empresas do Espírito Santo registraram um crescimento nas vendas para o exterior de 45,04% em 2015, se comparado com 2014, e ganham espaço em residências e projetos comerciais nos Estados Unidos, no Canadá, na Itália, na Espanha e no Reino Unido.

Com mais empresas no mercado internacional, a concorrência também aumentou. O processo industrial está em fase de renovação, inovação e de reengenharias. As empresas do setor estão modernizando seu modelo de produção, agregando sustentabilidade, analisando e encontrando novas soluções na operação logística e conhecendo melhor nossos atuais e futuros clientes.

Quais são os principais destinos das rochas produzidas no ES?

No mercado internacional, Estados Unidos, China, Canadá, Itália, Espanha e Reino Unido são os principais países que compram produtos capixabas. No Brasil, todos os estados são compradores dos nossos produtos.

Quantas empresas, entre extração e beneficiamento, existem no ES? Qual fatia do PIB estadual isso gera e quantos empregos gerados?

A produção do setor de rochas ornamentais no Estado corresponde a 10% do PIB capixaba e gera cerca de 22 mil empregos diretos. São cerca de 1.700 empresas ativas que desenvolvem atividades diversas considerando a cadeia produtiva que vai desde a mineração, indústria de transformação e beneficiamento, as marmorarias e as especificamente comerciais. E estão presentes em todos os municípios do ES.

Quantas beneficiadoras há na Serra, quantos empregos geram e qual a estimativa da participação no PIB do município?

A Serra, além de sua excelente localização, é a cidade capixaba que concentra o maior número de marmorarias e o município que mais exporta rochas. O município conta hoje com cerca de 200 empresas do setor ornamental.

COMPARTILHE