Petrocity vai realizar audiência pública na Câmara de Vereadores de Barra de São Francisco

 Está confirmado para a sexta-feira (24), a realização de uma audiência pública, onde representantes da Petrocity Portos S.A, que gerencia o projeto de construção de uma unidade portuária no norte do ES, junto com a Câmara de Vereadores de Barra de São Francisco. O encontro deverá ser às 18 horas, com a finalidade de discutir com a população francisquense, detalhes do projeto sobre o complexo Portuário de São Mateus e também da Estrada de Ferro Minas-Espírito Santo, que vai ligar os municípios de Sete Lagoas-MG ao porto em Urussuquara em São Mateus.

Inicialmente quando da veiculação da notícia sobre o complexo de linha férrea e o porto em solo capixaba, o vereador Juvenal Calixto (SD) e o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) em recente encontro ocorrido esta semana em Vitória contactaram o presidente da Petrocity, José Roberto Barbosa da Silva que confirmou a vinda a Barra de São Francisco.

“Esse investimento do novo porto em São Mateus vai salvar as finanças do Estado e é muito importante que o processo de licenciamento seja finalizado para que as obras comecem. O município de Barra de São Francisco será muito impactado positivamente, principalmente a partir do momento em que for concluída a ferrovia, que terá uma UTAC (Unidade de Transbordo e Armazenagem de Carga) em nossa cidade. Agora, já estamos trabalhando para que tenhamos um porto seco alfandegado, o que dará grande impulso à nossa economia”, disse Enivaldo.

Audiência Pública
Na audiência pública, José Roberto e os executivos da companhia vão falar também sobre o Programa Petrocity Social, que visa a capacitação de 3 mil pessoas em cursos tecnológicos de ponta nas áreas de operação de porto e de ferrovia, segundo anunciou esta semana o presidente da empresa. Serão 10 áreas diferentes e cada curso terá duração de 70 a 120 horas/aula, e serão aplicados nos próximos 12 meses.

O programa será lançado às 10 horas, na mesmo dia 24, em Conceição da Barra, mas será desenvolvido nos 28 municípios do Norte do Estado, segundo informações da empresa. “Nosso programa será a maior referência em formação tecnológica, privada e gratuita, do Estado. Promoveremos a inovação, inclusão digital e social. Nosso objetivo é a formação de profissionais não apenas para trabalhar no porto e na Ferrovia, mas também em empresas do Norte e Noroeste, Sul da Bahia e Leste de Minas Gerais”, disse José Roberto.

A plataforma de qualificação, que terá certificação para os participantes, está sendo desenvolvida junto com a Cisco Brasil, especializada em digitalização, e a Nexa Tecnologia, que são duas das empresas parceiras da Petrocity no Complexo Portuário de São Mateus, a ser construído em Urussuquara. Essas empresas serão responsáveis por toda a parte tecnológica do porto e, depois, da Estrada de Ferro Minas-Espírito Santo.

Segundo José Roberto Barbosa, haverá parcerias com o poder público em todos os municípios. Em Conceição da Barra, o programa será desenvolvido junto com a Prefeitura, que tem interesse também em capacitação para gestores públicos. O programa Petrocity Social vai capacitar duplicadores locais e acompanhar o processo de capacitação.
“Nossa proposta é criar uma nova mentalidade de prestação de serviços na região.

Inicialmente, no setor privado, mas buscamos parcerias para que isso se estenda também ao setor público. Temos conversado com os prefeitos para incentivá-los a melhorarem a qualidade de sua prestação de serviços. Teremos enorme impacto no desenvolvimento regional e é preciso qualificação para receber quem chega”, disse José Roberto.

No dia 31 de maio, a equipe da Petrocity estará em Mantena para a realização do Seminário de Desenvolvimento em parceria com a Associação dos Municípios do Leste de Minas. Será um evento nos mesmos moldes do que foi realizado em Governador Valadares e reunirá representantes das classes política e empresarial. De acordo com Barbosa, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), já confirmou presença no evento.

O objetivo do evento, segundo o CEO da Petrocity, é fazer uma exposição do projeto do porto de São Mateus e também da nova ferrovia ligando o terminal a Sete Lagoas (MG). Novos estudos de traçado estão sendo desenvolvidos sob responsabilidade da engenheira Ana Flávia Azeredo, considerando acompanhar o leito da BR 381, que será duplicada entre Belo Horizonte e Governador Valadares, conforme já anunciado pelo ministro Tarciso Gomes de Freitas, ministro da Infraestutura.

Com informações Assessoria de Comunicação Gabinete Deputado Enivaldo dos Anjos

COMPARTILHE