Jogador nascido em Colatina é campeão mundial pela Seleção Brasileira de Futebol Sub-17

O meio campista, Pedro Lucas, que nasceu em Colatina, foi campeão da Copa do Mundo Sub -17. O Brasil venceu de virada, ganhando do México por 2 x 1. Pedro, um jovem de 17 anos de idade que neste domingo realizou um sonho que era ser campeão pela Seleção Brasileira de Futebol.

Pedro Lucas nasceu em Colatina, mas os familiares são naturais de Baixo Guando. Filho de Francisco Obermuller e Ronéria Obermuller, casal de comerciantes que sempre deram total apoio a Pedro Lucas em sua carreira de jogador de futebol.

Jogador do Grêmio de Porto Alegre, o meio campista participou de toda a preparação da equipe sub-17, que antecedeu a copa do mundo, mas na convocação não estava entre os 21 selecionados e ainda assim, relatou para a imprensa que se sentia parte do time e por ter feito muitas amizades, se sentia integrante da Seleção Brasileira. Mas por obra do destino que escolhe os craques, foi chamado para a seleção, pois um dos convocados não compareceu na apresentação na Granja Comari.

Camisa 10 do Grêmio, reconhecido pela torcida como um meio campista de muita habilidade, Pedro Lucas é visto como uma grande promessa do futebol brasileiro. Pedro tem como ídolo, o craque Cristiano Ronaldo, por tudo que ele representa e se inspira nos meio campistas no time titular do Grêmio.

O Brasil foi para o intervalo com 13 finalizações, 4 chutes a gol e muita frustração. A equipe brasileira criou muito. Apenas Veron desperdiçou três boas oportunidades. Peglow acertou a trave. Patryck obrigou García a fazer uma boa defesa com chute de fora da área. Mas faltou pontaria. E diante do volume de jogo com o placar zerado, bateu nervosismo em um momento. O México foi mais cadenciado, mas assustou na bola aérea. No entanto, não conseguiu marcar.

Já no segundo tempo, os primeiros minutos foram no mesmo tom da etapa inicial. Kaio Jorge desperdiçou uma chance, Patryck parou em Garcia novamente, Peglow errou por um triz. O Brasil não vencia o gol mexicano até ser vencido. Após boa jogada de Pizzuto, o camisa 6 que cruzou da esquerda e González venceu a zaga brasileira para, de cabeça, abrir o placar. Dalla Déa se lançou ao ataque. Colocou Matheus Araújo e Lázaro. Mas foi com a ajuda do VAR que a equipe reagiu. Com ajuda do vídeo, o árbitro marcou pênalti após revisão e Kaio Jorge converteu. Aos 47, Yan fez cruzamento primoroso para Lázaro estufar as redes e garantir o título brasileiro.

O Brasil chega ao seu quarto título do Mundial Sub-17. Conquistou a competição também em 1997, 1999 e 2003. Os mexicanos seguem com duas taças. Agora, a seleção brasileira encosta na Nigéria, que é o maior vencedor da Copa do Mundo para menores de 17 anos, com cinco taças.

* Fonte ESFALA

COMPARTILHE