Empresas do setor de rochas ornamentais já realizam análises de materiais no Espírito Santo

 Detentor do maior pólo industrial de processamento de rochas ornamentais da América Latina, o Espírito Santo conta, desde fevereiro, com um laboratório de caracterização de rochas ornamentais. O espaço era uma demanda antiga do segmento e resultado de um trabalho integrado envolvendo a Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes) e o Sindicato da Indústria de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Espírito Santo (Sindirochas).

O Laboratório de Materiais funciona no Senai Vila Velha, localizado no bairro Araçás e faz análises e ensaios em rochas. O local é formado por um conjunto de equipamentos e dispositivos necessários à realização de ensaios, conforme prescrição da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e constituem o Laboratório de Materiais.

Entre o conjunto de ensaios realizados estão testes para a verificação das resistências dos materiais, densidade, porosidade e absorção de água. Os laudos emitidos pelo laboratório atestam sobre o uso das rochas analisadas para revestimento em obras de construção civil. O espaço está capacitado para atender a demanda de todo setor de rochas do Espírito Santo que, até então, enviava suas análises para laboratórios na Bahia e em Minas Gerais. Informações do jornal Voxpopuli.com

COMPARTILHE