Bons números para importações capixabas que crescem 10% nos primeiros quatro meses do ano

Seguindo o caminho contrário da desaceleração registrada no país, as importações capixabas apresentaram crescimento de 10% nos primeiros quatro meses de 2019, quando comparadas ao mesmo período em 2018. Os dados foram divulgados pelo Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Espírito Santo (Sindiex) e apontam um montante de US$ 1,8 bilhão importados pelo Estado.

De acordo com o presidente da entidade, Marcilio Machado, “importar mais sinaliza uma nova perspectiva de produção e comercialização por parte das empresas. E isso é, sem dúvidas, uma evidência importante de reaquecimento da economia”, ressalta.

No período analisado, o carvão mineral se manteve como o produto mais importado pelas empresas capixabas, respondendo por 21% do total e somando US$ 380 milhões. Em relação a 2018, o crescimento foi de 19%. Outro produto relevante nas importações foram os automóveis, com US$ 139 milhões e respondendo por 7,6% do total importado pelo Estado.

Ainda no primeiro quadrimestre do ano, as exportações capixabas totalizaram US$ 2,3 bilhões e apresentaram uma leve desaceleração de 6% em relação ao mesmo período de 2018. O minério de ferro foi o principal produto exportado, responsável por 1/3 das vendas capixabas ao exterior e somando US$ 770 milhões. Outro destaque na pauta exportadora foi o petróleo, que cresceu 22% em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com os dados da entidade, nos quatro primeiros meses de 2019 a balança comercial brasileira registrou saldo negativo de 1% nas importações e de 3% nas exportações.

COMPARTILHE