Aniversariante do dia, Alex Morgan coloca EUA na final da Copa do...

Aniversariante do dia, Alex Morgan coloca EUA na final da Copa do Mundo feminina

Press e Morgan marcaram os gols dos EUA que venceu a Inglaterra por 2 a 1 e disputará o seu quarto título do Mundial. Veja resumo da partida

alex morgan
Getty Images

Alex Morgan fez seu sexto gol no Mundial e comemorou “bebendo chá”

A primeira semifinal da Copa do Mundo de futebol feminino aconteceu nesta terça-feira (02),em Lyon, entre Inglaterra e Estados Unidos e as americanas saíram vencedoras por 2 a 1. Por Flavia Matos

Num jogo muito movimentado e com alto nível técnico, os Estados Unidos seguiu a risca uma marca registrada dessa edição do Mundial : marcar antes dos 15 minutos iniciais. Aos 09 minutos de partida, a atacante Press abriu o placar com gol de cabeça, o sexto das americanas nessa faixa de tempo.

A Inglaterra , no entanto, não se abalou e aos 18 minutos empatou a partida com Ellen White. A camisa 18 da Lionesses chutou forte no contrapé de Naeher e balançou as redes pela sexta vez, sendo a artilheira da competição.

Porém, a alegria de White e das inglesas durou pouco. Aos 30 minutos, Alex Morgan colocou novamente os EUA em vantagem após cabecear um cruzamento perfeito de Horan. O gol colocou a camisa 13 também com seis gols na briga pela artilharia no dia em que completa 30 anos de idade.

Na volta do intervalo o jogo seguiu em alto nível. Aos 21 minutos, White voltou a balançar as redes, mas o árbitro de vídeo marcou impedimento e o gol foi anulado.

Leia também:  Maconha x Álcool: ex-jogador inglês desafia Snoop Dog para luta de boxe

Aos 33 minutos, num ótimo contra-ataque da Inglaterra, White ficou na cara do gol, mas ‘furou’. O lance foi revisado pelo VAR e a juiza marcou pênalti. Houghton foi para a bola e a goleira Naeher defendeu.

Onde está Rapinoe?

megan repinoe
Getty Images

Megan Rapinoe não se aqueceu com a equipe, ficando na beira do gramado

Personagem principal dos Estados Unidos na campanha da Copa do Mundo de futebol feminino 2019, Megan Rapinoe foi ausência na lista de titulares da técnica Jill Ellis.

Ao ser questionada pelo motivo da ausência da atacante que tem cinco gols na competição, a assessoria de Ellis afirmou que a treinadora falará sobre o ocorrido ao fim da partida e que o “corte” não teve influencia disciplinar nem de lesão.

Leia também:  Encerramento da Copa América terá dueto inédito de Anitta e astro latino

No aquecimento das equipes, Rapinoe não realizou nenhum exercício do preparador físico. Ao contrário, a camisa 15 da seleção americana no Mundial apenas observou as companheiras de time da lateral do gramado.

Depois do jogo, já na zona mista, Rapinoe confirmou que não participou da partida por conta de uma lesão na coxa sentida durante o jogo contra a França. A meia disse ainda que espera estar bem para a final, que será disputada no domingo.

 

COMPARTILHE