González marca de novo, Fluminense goleia o Madureira e praticamente garante vaga

Com extrema tranquilidade e embalado mais uma vez por Yony González, o Fluminense venceu pela terceira vez consecutiva na Taça Guanabara nesta quarta-feira, ao golear por 4 a 0 o Madureira no Maracanã, e praticamente se garantiu nas semifinais. Principal reforço do clube tricolor para a temporada, o colombiano Yony González marcou pela quarta vez em três partidas e vai conquistando de vez a simpatia da torcida.

Depois de um início complicado, em um empate sem graça diante do Volta Redonda, o Fluminense bateu Americano, Portuguesa e Madureira, marcando 11 gols nestas partidas. E González não é a única boa notícia nesta sequência. O apoio do lateral Mascarenhas voltou a funcionar nesta quarta, assim como o entendimento de Luciano com Everaldo.

A arrancada levou o Fluminense a 10 pontos, na segunda colocação do Grupo B, três à frente do terceiro colocado Volta Redonda e com 11 gols de vantagem no saldo (10 a -1), a uma rodada para o fim da primeira fase. Por isso, no sábado, o time tricolor deve decidir a liderança da chave com o Vasco, que hoje ocupa a ponta com 12 pontos, em Brasília. Já o Madureira segue decepcionando e é o lanterna da chave, com um ponto.

Apesar do resultado, o confronto começou em ritmo lente e os primeiros bons momentos foram do Madureira, com Cláudio Maradona. Mas bastou Mascarenhas acertar uma cobrança de escanteio para Matheus Ferraz abrir o placar aos 13 minutos, de cabeça. O lateral, aliás, foi a principal arma tricolor no primeiro tempo e acertou outro belo cruzamento para González, que parou em defesa de Jonathan.

Mesmo vencendo, o Fluminense voltou bem mais aceso para a etapa final e chegou ao ataque em segundos. Bruno Silva parou em Jonathan. Mas o goleiro do Madureira virou vilão aos três minutos. Mascarenhas, mais uma vez, cobrou escanteio na cabeça de González, que cabeceou fraco, contando falha clamorosa do adversário para ampliar.

O time visitante pareceu se entregar com o segundo gol, e o Fluminense aproveitou para marcar mais um já aos sete minutos, após linda enfiada de Luciano que Everaldo finalizou na saída de Jonathan. Os anfitriões diminuíram o ritmo, e o técnico Fernando Diniz aproveitou para mexer na equipe.

Mesmo sem muito esforço, o Fluminense transformou a vitória em goleada aos 27. González fez as vezes de garçom e deu ótimo passe para Luciano, que chegou batendo de primeira, sem chances para Jonathan. O jovem Marcos Paulo, de 17 anos, quis mostrar serviço e ainda levou perigo nos minutos finais, mas o tranquilo triunfo já estava garantido.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 4 X 0 MADUREIRA

FLUMINENSE – Rodolfo; Ezequiel, Nathan, Matheus Ferraz e Mascarenhas; Airton (Caio Henrique), Bruno Silva (Marcos Paulo) e Daniel (Mateus Gonçalves); Yony González, Everaldo e Luciano. Técnico: Fernando Diniz.

MADUREIRA – Jonathan; Arlen, Marcelo Alves, Junior Lopes e Felipe Saturnino; Levi, Rodrigo Dantas (Lauro César), Everton (Alanzinho) e Luciano Naninho; Ygor Catatau (Bruno) e Cláudio Maradona. Técnico: Antônio Carlos Roy.

GOLS – Matheus Ferraz, aos 13 minutos do primeiro tempo. Yony González, aos três, Everaldo, aos sete, e Luciano, aos 27 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Leonardo Garcia Cavaleiro.

CARTÕES AMARELOS – Não houve.

RENDA – R$ 120.220,00.

PÚBLICO – 4.908 pagantes (5.210 torcedores).

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio (RJ).

Gabriel Melloni
Estadao Conteudo

COMPARTILHE