Operação “Mestre Oculto” apura venda de diplomas em Nova Venécia

A operação recebeu o nome de “Estória” já que o curso oferecido fraudulentamente era de graduação em História

Nova Venécia – O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Rio Bananal, com auxílio do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES e do 2º Batalhão da Polícia Militar de Nova Venécia, deflagrou nesta terça-feira dia (13/11) a Operação Estória, um desdobramento da Operação “Mestre Oculto”, que investiga o fornecimento de diplomas de graduação, com simulação de aulas e atividades aos alunos, visando à obtenção do curso superior.

A operação consiste, inicialmente, no cumprimento de dois mandados de prisão temporária (prazo de cinco dias) e três mandados de busca e apreensão no município de Nova Venécia. Os mandados de prisão são para sócios de um centro educacional, que também foi alvo de busca e apreensão.

COMPARTILHE