Justiça concede liberdade provisória a mãe de irmãos carbonizados em Linhares

Juliana Salles, mãe das crianças mortas em incêndio, ao lado marido e pastor George Salles

Estado – De acordo com o que foi noticiado pela imprensa, a Justiça do Espírito Santo, concedeu liberdade provisória a Juliana Pereira Sales Alves, mãe dos irmãos Joaquim Alves, de tres anos, e Kauã Salles Burkovsky, de seis anos, encontrados carbonizados em Linhares.

A justiça aceitou o pedido após um pedido da defesa. No entanto, as 18h50 de quarta-feira (7), a Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) informou que Juliana continuava presa no Centro Prisional Feminino de Cariacica (CPFC). Mas Juliana foi liberada por volta de 3 horas.

Por conta dessa decisão, familiares e amigos do menino Kauã Salles Butkovsky, morto em Linhares junto com o irmão Joaquim Alves, realizam uma manifestação em frente ao Palácio Anchieta, em Vitória.

Os manifestantes atearam fogo em pneus para impedir a passagem dos veículos que seguem no sentido Segunda Ponte x Centro de Vitória. Depois mudaram de via, e seguem fechando parte da Avenida Jerônimo Monteiro. Apenas a faixa da direita ficou liberada. Foto: Reprodução / Facebook.

COMPARTILHE