Programa social arrecada alimentos e doa para mais de 21 mil pessoas

Estado – As frutas, as verduras e os legumes que estão apropriados para o consumo humano mas que foram descartados na comercialização, por estarem com pequenos arranhões, maduros demais, ou que não foram vendidos no dia, saem da Ceasa/ES e vão parar na mesa de mais de 21 mil pessoas carentes.

Isso acontece por meio do programa social “Mesa Brasil Sesc/ Banco Ceasa de alimentos”, uma parceria entre as Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa/ES) e o Serviço Social do Comércio (Sesc/ES), que promove doações para mais de 130 entidades sociais cadastradas no Programa.

Os alimentos arrecadados são de doações de produtores rurais e fornecedores que comercializam na central capixaba e empresas do ramo alimentício. Os produtos são transportados para o galpão de armazenagem do Programa, onde as nutricionistas avaliam, contabilizam e fazem a distribuição de acordo com o público e a necessidade de cada entidade social.

 

O Programa atende pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional, assistidas por entidades sociais cadastradas, que utilizam os alimentos nas preparações das refeições ou, no caso de atendimento às famílias com a de distribuição de cestas.

 

Para o diretor-presidente da Ceasa/ES, João Luiz Miossi, o Programa é muito importante para evitar o desperdício de alimentos. “Somente neste mês, foi arrecado no Programa quase 28 toneladas de alimentos, que antes eram descartados por produtores rurais e comerciantes, e que hoje ganham um destino feliz que é alimentando quem precisa.”, ressalta Miossi.

 

De acordo com a subcoordenadora do Mesa Brasil Sesc, Vanessa Baptista Massini, o Programa é uma ponte que busca onde sobra e entrega onde falta, contribuindo para a diminuição do desperdício, bem como reduzindo a condição de insegurança alimentar de crianças, jovens, adultos e idosos, assistidos por instituições sociais.

 

Serviço

Os alimentos podem ser doados no próprio Programa que fica na Unidade Cariacica da Ceasa/ES ou podem ser recolhidos em propriedades rurais com agendamento prévio pelo telefone: (27)3136-2330.

 

COMPARTILHE