Produtores de Linhares contam com fornecimento gratuito de maquinário e tratores

Linhares – O produtor rural de Linhares pode contar com fornecimento gratuito de maquinário específico como tratores de pneu e retroescavadeiras. A Secretaria Municipal de Agricultura realiza este atendimento alinhada à lei municipal 3.379/2013 e de acordo com o cronograma criado pelos técnicos da Secretaria para atender as regiões agrícolas do Município. Além de aragem da terra para o plantio, as máquinas são utilizadas para construção de outros equipamentos como tanques de reservatório de água para a irrigação e criação de peixes, por exemplo. Elas também podem auxiliar na limpeza, manutenção e abertura das estradas internas das propriedades, facilitando o acesso às lavouras e a escoação dos produtos.

 

Os produtores interessados devem solicitar os serviços por meio de uma ficha de inscrição que deve ser preenchida na sede da secretaria, localizada na Avenida Comendador Rafael, 1473, no Centro, próximo à Padaria Pão Quente. A partir da inscrição, o pedido será inserido no sistema que seguirá a sequência de atendimento de 10 (dez) ordens de serviços por região para trator e 05 (cinco) ordens de serviços por região para retroescavadeira. Várias comunidades serão beneficiadas com o serviço dentre elas: Córrego Farias, Guaxe, Rio Quartel, Baixo Quartel, Quartel de Cima, Desengano, Povoação, Pontal do Ipiranga, Perobas, São Rafael, São Judas, Humaitá, Japira dentre outras.

 

De acordo ainda com a lei municipal fica limitado o uso de equipamentos em até 10 (dez) hectares, no caso de preparo do solo para plantio e 15 (quinze) horas com máquinas trabalhadas. Somente poderá haver um novo atendimento após o período mínimo três meses, a contar da finalização do último pedido. Os produtores rurais que receberão o benefício serão os responsáveis pelo fornecimento do óleo diesel gasto pelo trator ou máquina pesada utilizada em sua propriedade.

 

O secretário da pasta, Franco Fiorot esta é uma forma de viabilizar o desenvolvimento da zona rural. “Diminuímos o gasto da produção na preparação dos terrenos para o plantio, pois nem todo produtor possui este tipo de maquinário em sua propriedade e ele terá apenas de custear o óleo diesel das máquinas. O objetivo também é o de favorecer a produção de outras culturas e contribuir com o melhoramento na produção das famílias rurais”, destaca o secretário.

 

Entenda como funciona o serviço e como solicitá-lo

 

Os equipamentos da prefeitura são utilizados em propriedades de até 80 hectares, com limite de trabalho de 10 hectares por atendimento (para os casos de preparo do solo para plantio), e de até 15 horas/máquina (para os demais serviços).

As equipes da Secretaria de Agricultura só podem retornar a propriedades já atendidas após período mínimo de 3 meses, a contar da data de finalização do último atendimento. Os limites são necessários para garantir que todos os produtores que precisam possam ter acesso aos serviços.

 

Observações importantes da lei municipal:

*Fica limitado o uso de equipamentos em até 10 (dez) hectares, no caso de preparo do solo para plantio, e em até 15 (quinze) horas máquinas trabalhadas, no caso de outros serviços, por atendimento;

*Somente poderá haver novo atendimento após o período mínimo de 03 (três) meses, a contar da finalização do último atendimento;

*Farão jus aos benefícios previstos na lei os produtores possuidores de propriedades rurais de tamanho igual ou inferior a 04 módulos fiscais;

*Em contrapartida, os produtores rurais que receberão o benefício serão responsáveis pelo fornecimento do óleo diesel gasto pelo trator ou máquina pesada utilizada em sua propriedade.

 

COMPARTILHE