Demissões na Globo: Tony Ramos fala sobre perder amigos

Recentemente, Malu Mader não teve seu contrato renovado. Nos últimos anos, atores como Giulia Gam, Carolina Ferraz, André Gonçalves, Danielle Winits, entre outros, também foram dispensados

Por O Dia

Tony Ramos fala sobre as recentes demissões na TV Globo
Tony Ramos fala sobre as recentes demissões na TV Globo – Reprodução

Rio – Tony Ramos falou sobre a nova política da Globo em entrevista ao “TV Fama”, nesta segunda-feira. A emissora carioca tem deixado de renovar contrato longo com alguns atores. A mais recente baixa no time da Globo foi Malu Mader. No entanto, nos últimos anos, a emissora também deixou de renovar contrato com Maitê Proença, Carolina Ferraz, Giulia Gam, Pedro Cardoso, André Gonçalves, Danielle Winits, entre outros.

“Assim como houve demissões, houve contratações. A gente tem que tomar cuidado ao falar sobre isso e ver o caso de cada um. Eu vejo com tristeza, é óbvio. Tenho amigos queridos nessa lista. Mas é o novo esquema. Hoje em dia, o que está acontecendo em grande parte das emissoras e que vai acontecer muito é o chamado trabalho por obra. O próprio sistema de multimídia vai provocar mais trabalho para muita gente, porque vai ser necessário conteúdo, produtos. Então, atores e atrizes vão trabalhar ainda mais”, disse o ator, que está há 41 anos na Globo.

Tony acredita que em breve os atores  dispensados estarão na telinha novamente. “Agora, eu vejo com tristeza. Você citou nomes, como eu já falei, são amigos queridos. De amigas mesmo, de ir ao aniversário… Mas são pessoas muito fortes, são pessoas que entendem o mercado, e que daqui a pouco estarão de volta na própria emissora, na própria Globo”, analisou.

O ator também lembrou que apesar das demissões também há contratações. “Mas o curioso, temos que citar também, que a minha novela acabou (a novela “Tempo de Amar”) e quatro pessoas foram contratadas. Isso é bacana. A palavra demissão não existe muito no nosso linguajar (dos artistas). Nós temos contratos de trabalho, que podem durar até três anos e as vezes ele não é renovado. Eu estarei sujeito a isso. Todos nós estamos sujeitos”, garantiu.

E o ator também garante que não tem medo de ser dispensado. “Estou há 41 anos na Globo. Medo não. Essa palavra não entra no meu vocabulário. Sou um homem que trabalha muito, faço cinema, faço teatro. Não penso nisso, mas se acontecer estou preparado. A única coisa que posso dizer é que estou preparado”

COMPARTILHE