Polícia de Jaguaré prende assassinos do ex-Secretário de Educação

A Polícia também recuperou todos os materiais roubados

Jaguaré – No final da tarde de terça-feira dia (10), a Polícia de jaguaré prendeu todos os elementos envolvidos no assassinato de Marcos Túlio Pariz (foto a direita), ex-secretário de Educação do município. De acordo com o Capitão Lebarchi que comandou as ações, foram quatro elementos envolvidos. Dois assassinaram Marcos Pariz e os outros dois foram receptadores dos materiais roubados e que foram todos recuperados.

Na cidade a revolta dos moradores é muito grande, inclusive formou-se uma aglomeração enfrente a Delegacia quando a população focou exaltada cogitando o linxamento dos acusados.
Segundo informações, a polícia conseguiu chegar até os suspeitos do crime por uma denúncia feita pela mãe de um dos envolvidos no assassinato.
O delegado titular de Jaguaré, Rafael Amaral, disse que o crime aconteceu durante a noite de segunda-feira (09). Gabriel Ribeiro dos Santos e Carlos Charlis Oliveira de Freitas — os dois têm 18 anos de idade — foram autuados pelo crime de latrocínio. Já Lucas Ferreira Correia, de 24 anos, e Fabrício Silva Souza, de 28 anos, foram autuados por receptação dos bens roubados. Todos os envolvidos serão encaminhados para o presídio de São Mateus.

De acordo com a Polícia Militar, parentes do professor, que morava sozinho em uma casa, no centro da cidade, disseram que arrombaram a porta do quarto e encontraram a vítima caída na cama, na manhã desta terça-feira (10).

Após o crime, os bandidos roubaram um carro, uma moto, uma televisão e documentos. Uma amiga da vítima, que também é professora, disse que Marcos era uma pessoa querida por todos. “Ele era uma pessoa íntegra, cumpridora dos seus deveres, defensora da classe do magistério e principalmente, um amigo para todas as horas”, disse.

LUTO

A Prefeitura de Jaguaré, decretou luto de três dias pela morte do professor e ex-secretário de educação do município. Nas redes sociais muitas pessoas lamentaram o assassinato de Marcos. No decreto, a prefeitura informou que o município “deve prestar à memória do ilustre professor Marcos Túlio Pariz, as homenagens que fazem jus pelo seu elevado caráter, dedicação, honradez e, sobretudo, pelos relevantes serviços prestados ao Município”.

 

COMPARTILHE