Correios em greve e agências de Linhares não alteram funcionamento

Linhares – Servidores dos Correios entraram em greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira (12). De acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), os trabalhadores são contra mudanças no plano de saúde da empresa, que preveem o pagamento das mensalidades pelos funcionários e a retirada de dependentes dos contratos.

Em Linhares, as duas agencias que prestam serviços de despacho não aderiram ao movimento e todos os funcionários compareceram ao trabalho, segundo informou o gerente da agência do centro da cidade, Janderson Silva. De acordo com ele, os serviços de postagem e despacho de correspondências e outros, continua dentro da normalidade.

Ainda sobre o movimento, “trabalhadores das agencias que estão paralisadas, pleiteiam o benefício reajustado conforme a idade, chegando a mensalidades acima de R$ 900”, informou a Fentect, em nota, ressaltando que o salário médio dos trabalhadores dos Correios é de R$ 1,6 mil, “o pior salário entre empresas públicas e estatais”.

O início da greve coincide com o julgamento sobre o plano de saúde dos trabalhadores no Tribunal Superior do Trabalho (TST), também marcado para esta terça-feira dia 13, referente à última negociação salarial.

COMPARTILHE