Crianças vítimas de violência recebem brinquedos feitos por detentos

Estado – A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) realizou, nesta sexta-feira (09), mais uma doação de brinquedos produzidos por detentos. Desta vez, 200 carrinhos de madeira, bonecas de pano e jogos educativos produzidos por detentos foram entregues à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), em Vitória.

Os brinquedos são produzidos por detentos que cumprem pena na Penitenciária Agrícola do Espírito Santo (Paes), em Viana, e participam do Projeto Sustentável Fábrica dos Sonhos, desenvolvido na Unidade Prisional desde outubro de 2016.

Nessa iniciativa, detentos do regime semiaberto produzem brinquedos a partir de paletes de madeira, materiais recicláveis e tecidos doados por confecções. O grupo produz jogos de memória, casas de bonecas, jogos de argolas e varetas, além de bonecas de pano e carrinhos.

Toda a produção é doada a instituições sociais, abrigos e hospitais. Em outubro de 2017, no Dia das Crianças, uma doação foi realizada no novo Hospital Infantil, que funciona nas dependências do Hospital da Polícia Militar, em Bento Ferreira, Vitória. Já no último Natal, instituições que atendem crianças, como abrigos e orfanatos, também receberam doações.

Atualmente, 15 internos participam do projeto, que possui apoio do Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) e do Instituto Resgate de Cidadania, que doam materiais para a fabricação dos brinquedos.

A participação no projeto desenvolve habilidades de marcenaria, uma vez que aqueles detentos que possuem experiência em marcenaria orientam os demais na produção dos brinquedos.

Também ensina os detentos a trabalharem com metas de produção e de qualidade, o que ajuda na preparação dessas pessoas para o retorno ao mercado de trabalho, quando alcançarem a liberdade.

Remição

De acordo com a Lei de Execução Penal, os detentos que fazem parte do projeto têm direito à remição da pena. A cada três dias trabalhados, um dia é reduzido da pena a ser cumprida.

COMPARTILHE